Av Comendador Alberto Bonfiglioli 587- sobreloja
Jardim Bonfiglioli - São Paulo - 05593-001 

 

+55 (11) 3129-5398

Acompanhe-nos!

  • YouTube Instituto Harris
  • Facebook Instituto Harris
  • Instagram Instituto Harris
  • E-mail Instituto Harris
  • LinkedIn Instituto Harris
  • Twitter Instituto Harris

Única empresa no Brasil especializada na avaliação de segurança de ingredientes e produtos cosméticos sem o uso de animais.

October 5, 2019

October 5, 2019

Please reload

Posts Recentes

Reflexões sobre a segurança de produtos

October 7, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Fosfoetanolamina: por que desprezar a experiência humana?

February 1, 2016

 

Em 02 de dezembro de 2015, foi realizada na Câmara Municipal de São Paulo, a Conferência Científica: "O fim dos testes em animais: a nova era em métodos de avaliação de segurança de cosméticos e medicamentos". Nessa conferência, apresentei a discussão sobre a questão da Fosfoetanolamina e abaixo descrevo os principais aspectos nela apresentados. A apresentação com detalhes pode ser baixada aqui.

 

Desde o início do tumulto sobre a questão da Fosfoetanolamina, fiquei me perguntando se afinal de contas ela faria ou não algum efeito ou ofereceria algum perigo aos usuários. Ao ver então uma verba de R$ 2 milhões ser liberada às pressas a laboratórios que realizam ensaios em animais para que fossem feitos novos estudos, meu maior sentimento foi de tristeza, por reconhecer que no Brasil, ainda se considera que testes em animais sejam a primeira ação na pesquisa científica...triste, no mínimo!

 

A fosfoetanolamina é uma substância endógena, e além de ser comercializada por empresas como por exemplo a Sigma-Aldrich, existem patentes com essa molécula para a aplicação em humanos desde os anos 80, referendando por exemplo a possibilidade no tratamento de Mal de Alzheimer.

Nos estudos conduzidos pela USP, já foram comprovados os seguintes benefícios:

- Inibição de metástase em células de c